terça-feira, 6 de setembro de 2016

Festas em honra de Nossa Senhora da Luz, padroeira de Lagoa cumprem a tradição



Como vem sendo habitual, numa organização da Paróquia de Lagoa, com o apoio da Câmara Municipal – na logística e animação cultural – realizam-se, nos próximos dias 7 e 8 de setembro (feriado municipal), as Festas em Honra de Nossa Senhora da Luz, Padroeira de Lagoa, a quem está consagrada a Igreja Matriz, praticamente destruída pelo terramoto de 1 de novembro de 1755 e uma das relíquias da arquitetura religiosa.
A procissão de Nossa Senhora da Luz realizou-se pela primeira vez a 9 de agosto de 1837, na então Vila de Lagoa, passando a constituir uma forte tradição religiosa a que ninguém fica indiferente. É uma procissão simultaneamente simples e imponente, em que a imagem, no andor carregado por homens de todas as idades, percorre as principais ruas da cidade, acompanhada pelo fervor religioso do povo.
O programa deste ano – de que fizeram parte, nos dias 4 e 5 de setembro, a Eucaristia Comemorativa da Sagração da Igreja Matriz e a Celebração Penitencial – estende-se pelos dias 7 e 8, transformando o Largo dos Combatentes da Grande Guerra, fronteiriço à Igreja Matriz e junto à Biblioteca e Arquivo Municipal, num animado ponto de encontro, com a habitual feira e quermesse:
– Dia 7
22h00: Espetáculo musical com Edmundo e Banda;
– Dia 8
18h00: Eucaristia na Igreja Matriz de Lagoa
19h00: Procissão com a imagem da Padroeira Nossa Senhora da Luz pelas ruas da cidade, com a participação das Bandas Filarmónicas Portimonense e Silvense
22h00: Espetáculo musical com a jovem fadista lagoense Luana Velasques
22h30: Espetáculo musical com José Cid e sua Banda
23h55: Espetáculo de fogo de artifício