quinta-feira, 17 de março de 2016

Festival Som Riscado no Ciné-Teatro Louletano


A Câmara Municipal de Loulé, através do Cine-Teatro Louletano, apresenta, entre 31 de Março e 3 de Abril deste ano, o SOM RISCADO – Festival de Música e Imagem de Loulé.

Trata-se de um novo conceito de festival que pretende fomentar cruzamentos e diálogos criativos entre a nova música portuguesa de cariz experimental (minimal, psicadélica, eletrónica) e o(s) universo(s) da imagem e das artes vis
uais (desenho, pintura, fotografia, cinema, graffiti, arte digital/imagem animada, design e outros), juntando, nos formatos apresentados, artistas plásticos/visuais e outros criativos do concelho de Loulé e da região (entre emergentes e reconhecidos) com projetos musicais já firmados no panorama nacional.

Esta primeira edição, em modo de ano zero, compreende três vertentes: concertos e performances; exposições e instalações; debate-reflexão e formação. A sua programação aposta ainda em propostas específicas que, numa espécie de escuta visualizável, procuram pensar o concelho de Loulé no que toca ao papel dos sons no seu contínuo passado-presente-futuro e no imaginário afetivo e simbólico da comunidade. Há também uma programação de caráter interdisciplinar especialmente dirigida a crianças e famílias.

Tendo o Cine-Teatro Louletano como epicentro, o SOM RISCADO envolve vários espaços da cidade nas suas atividades, bem como diversos parceiros institucionais do concelho e da região que têm desenvolvido uma dinâmica assinalável na temática em que o festival se centra: Universidade do Algarve (Escola Superior de Educação e Comunicação, Faculdade de Ciências Humanas e Sociais e Centro de Investigação em Artes e Comunicação [CIAC]), ETIC_Algarve, Instituto Superior Dom Afonso III (INUAF), Agrupamento de Escolas Dr.ª Laura Ayres (Quarteira), Casa da Cultura de Loulé e Studio43.

https://www.facebook.com/events/1730813130475601/