quarta-feira, 9 de março de 2016

Ana Cabecinha com o apoio da CM Olhão na preparação para os Jogos Olímpicos


A atleta Ana Cabecinha, em representação do Clube Oriental de Pechão, participará pela terceira vez consecutiva nos Jogos Olímpicos, que se realizarão este ano no Rio de Janeiro (Brasil). A Câmara Municipal de Olhão apoia a participação da desportista neste importante evento, atribuindo apoios financeiros e logísticos.


O Comité Olímpico de Portugal e a Federação Portuguesa de Atletismo são as entidades responsáveis pela atribuição de apoio aos atletas da modalidade de atletismo presentes neste evento. Embora esse apoio esteja a ser materializado, estas duas entidades ainda não definiram o montante global a atribuir, o que não tem permitido que a atleta e o seu treinador definam o plano de preparação final para os Jogos.

O apoio financeiro atribuído pela Câmara Municipal de Olhão, no montante de 7.500 euros, servirá para comparticipar a preparação da atleta, contribuindo para a realização de estágios em altitude (em Espanha) e para a participação em outras provas internacionais (Challenge Internacional de Marcha da IAAF – Associação Internacional de Federações de Atletismo).

De acordo com o autarca olhanense, António Miguel Pina, “o apoio financeiro atribuído pela Câmara visa complementar as verbas a conceder pelo Comité Olímpico via Federação, permitindo à atleta e ao treinador uma maior estabilidade e mais recursos para a definição de um plano de preparação, coerente e global, para os Jogos”. O edil destaca ainda a grande importância deste apoio, face à não definição pelo Comité Olímpico de Portugal e Federação Portuguesa de Atletismo dos montantes de apoio a conceder no âmbito da preparação olímpica, “situação que não se percebe, quando estamos a apenas cinco meses da realização do evento”, reforça António Pina.

Para além do apoio financeiro, a autarquia olhanense aprovou também a concessão de apoio logístico, que se materializa na dispensa de serviço do técnico da autarquia e treinador da atleta, Paulo Murta. António Miguel Pina refere que “tão importante quanto o apoio financeiro, será a dispensa do funcionário municipal Paulo Murta, treinador de Ana Cabecinha, para se dedicar com maior exclusividade à preparação da atleta”.

Esta maior disponibilidade para se dedicar ao treino é um objetivo de longa data do treinador e da atleta, que tem vindo a ser adiado por a Federação Portuguesa de Atletismo não ter conseguido junto do Instituto Português do Desporto e da Juventude (IPDJ) a requisição do técnico, para que este assumisse aquelas tarefas com a dedicação necessária.
Segundo António Miguel Pina, esta decisão do executivo camarário “faz justiça a um técnico que tanto tem contribuído para o sucesso da modalidade no concelho e no País. O competente trabalho de Paulo Murta tem sido o verdadeiro sustentáculo do fomento da modalidade no concelho de Olhão. O Clube Oriental de Pechão é uma verdadeira escola de atletas, que conta atualmente com sete internacionais entre os mais de 100 atletas federados que treinam sob as suas cores”.

O autarca de Olhão lamenta que as entidades que têm responsabilidades diretas na matéria não tenham sido capazes de resolver estes problemas em tempo útil, apesar de Ana Cabecinha já estar pré-selecionada para os Jogos Olímpicos, fruto do brilhante 4º lugar obtido nos Mundiais de Atletismo de Pequim - 2015, e afirma que “o Município de Olhão continuará a ser efetivo no apoio ao treinador e à atleta, porque o sucesso nasce do trabalho, e o trabalho bem feito é o que é planeado com tempo e meios, não sendo possível atingir as metas delineadas sem se definirem claramente quais são os caminhos a seguir”.