quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

Faro NOVO POSTO DE TURISMO E CENTRO INTERPRETATIVO DO ARCO DA VILA JÁ ABRIRAM



Depois de um período de obras, foi inaugurado hoje, pelas 09h30, o novo posto de Turismo de Faro e apresentado um outro espaço importante para a cultura e para o turismo da cidade, o Centro Interpretativo do Arco da Vila - CIAV, situados exatamente no mesmo edifício, e que agora se juntaram para apresentar um pouco mais do nosso concelho.

Na ocasião estiveram presentes o Presidente da Câmara Municipal de Faro, Rogério Bacalhau, o Presidente da Região de Turismo do Algarve, Desidério Silva, o Presidente da CCDR Algarve, David Santos entre muitos convidados que quiseram marcar presença.
De assinalar, as melhores condições de atendimento com que o Posto de Turismo, que mais procura recebe no Algarve, foi dotado.
A mais valia do projeto, é sem dúvida, a complementaridade dos espaços criada através da junção das duas valências: atendimento ao turista/visitantes e informação sobre o património material e imaterial do concelho de Faro, explorado no Centro Interpretativo do Arco da Vila que começa agora a ser um importante cartão de visita do património do concelho e que servirá, não só como uma apresentação dos pontos de interesse, mas também como um despertar para o que de interessante podem descobrir numa visita ao nosso núcleo histórico. Aqui conta-se um pouco da história da cidade desde as suas origens até à construção do Arco da Vila, passando pelo terramoto de 1755 e outras curiosidades, além da vista privilegiada que nos proporciona para a Ria Formosa e Cidade Velha. Este novo espaço será gerido pela AmbiFaro.


O investimento total do projeto está orçado em €112.772,82 (48.793,36€ referente ao Centro Interpretativo do Arco da Vila e 63979,46€ referente ao Posto de Turismo).

Esta data marcou a conclusão de uma forte aposta na requalificação urbana da zona histórica da cidade que rondou o meio milhão de euros co-financiadas pelo PO Algarve 21. Neste conjunto de intervenções há que referir a intervenção na requalificação das muralha de Faro, as telas de ensombramento nas artérias pedonais, conservação do Arco da Vila, requalificação da Rua da Misericórdia e repavimentação do seu troço nascente, conservação do Museu Municipal e conservação da cerca do Antigo Convento da Nossa Senhora da Assunção

O Município de Faro mantém as expectativas relativamente ao contributo que estes dois equipamentos poderão vir a dar para a crescente consolidação da cidade de Faro enquanto destino turístico cada vez mais afirmado na vertente histórica, cultural e de património.