quinta-feira, 2 de novembro de 2017

10 dias de animação para todos os gostos na Feira de S. Martinho em Portimão


355.ª Feira de São Martinho decorre de 3 a 12 de novembro no Parque de Feiras e Exposições de Portimão, com dois dias especiais dedicados à Juventude e à Família
Entre 3 e 12 de novembro, Portimão cumpre a tradição e festeja o São Martinho com a 355ª edição da Feira de São Martinho, o mais antigo evento popular que se realiza em Portimão e que remonta ao ano de 1662.
Neste que é um dos polos incontornáveis de animação outonal no concelho, e que volta a ter lugar, como habitual, no Parque de Feiras e Exposições de Portimão, não vão faltar as tradicionais castanhas assadas, as farturas, as pipocas, o pão com chouriço e outros petiscos tentadores nos bares e tasquinhas existentes no recinto, assim como vários espaços de animação com jogos diversos, ‘carrinhos de choque’ e carrosséis, numa feira que promete fazer as delícias de crianças e adultos.
A edição deste ano volta a contar com dois dias temáticos – 8 e 12 de novembro – escolhidos conjuntamente por expositores e organização, com o intuito de aplicar preços especiais nos divertimentos. O dia 8 destina-se a crianças e jovens (dia da juventude), enquanto o último dia da feira é dedicado à família (dia da família).
No interior do Portimão Arena, durante este mesmo período, entre as 15h00 e as 24h00 à sexta-feira e ao sábado, e entre as 15h00 e as 23h00 de domingo a quinta-feira, decorrerá uma exposição automóvel a cargo das marcas Audi, Citroën, Dacia, Fiat, Fiat Profissional, Ford, Hyundai, Jeep, Kia, Mazda, Mitsubishi, Nissan, Peugeot, Renault, Seat, Skoda e Volkswagen, e de motos Yamaha.

Horário de funcionamento da Feira
No primeiro dia, 3 de novembro, a Feira de São Martinho poderá ser visitada das 16h00 à 1h00, no dia 4 de novembro funcionará das 10h00 à 1h00, entre 5 e 9 de novembro abre portas das 10h00 às 24h00 e nos dias 10 e 11 de novembro abre das 10h00 à 1h00. No derradeiro dia, 12 de novembro, a Feira funcionará das 10h00 às 23h00.
Acessos à Feira
Em termos de acessos ao certame, encontra-se aberta a entrada sul do Parque de Feiras e Exposições, através da zona ribeirinha de Portimão, junto à ponte ferroviária, numa área onde existem diversos espaços de estacionamento, e a já habitual entrada norte, para quem venha do Largo Gil Eanes ou das Cardosas.
Outra forma de chegar à Feira de São Martinho será pela rede de transportes urbanos Vai e Vem, que tem paragens nas Cardosas, no Parque de Feiras e Exposições e no Largo do Dique, podendo os horários e demais informações ser consultados em www.vaivem.pt.

"OPERAÇÃO MONTANHA VERDE": 5 MIL ÁRVORES PLANTADAS EM LOULÉ

O Município de Loulé associa-se à segunda edição da “Operação Montanha Verde”, campanha desenvolvida pelo Zoomarine, e no próximo dia 9 de novembro serão plantadas 5 mil árvores em Loulé.

Esta ação decorre na Lagoa de Monprolé (37º08'40''N 8º03'09''O), freguesia de S. Sebastião, com início às 9h00, prolongando-se até às 17h00 ou até haver árvores para plantar. Para além das árvores, o Zoomarine disponibilizará também as ferramentas necessárias à plantação (luvas, pás, enxadas, entre outras).

Os voluntários poderão viajar nos autocarros do Zoomarine (saída às 08h15, desde o parque de estacionamento do Zoomarine, e desde a Universidade do Algarve - Campus de Gambelas, também pelas 08h15) ou ir diretamente para o local.

Aos participantes será oferecido um almoço-volante e uma t-shirt aos primeiros 150 voluntários inscritos. As inscrições poderão ser feitas através do email algarve@zoomarine.pt ou através da página de Facebook do Zoomarine

Os interessados poderão ajudar durante o tempo que tiverem disponibilidade ou, idealmente, durante toda a ação (com intervalo para almoço).
 
Este ano, a Together We Protect do Zoomarine irá duplicar o número e árvores e os locais de plantio. Para além do Concelho de Loulé esta ação decorrerá também em Silves, totalizando a plantação de 10 mil árvores.


Para além do pequeno contributo para ajudar a reflorestar Portugal depois dos violentos incêndios que devastaram o País, esta iniciativa pretende ainda sensibilizar a população para a importância de cuidar do nosso património ambiental o que será determinante para a sustentabilidade do futuro coletivo.


Recorde-se que esta ação vai ao encontro da política ambiental que tem sido seguida pelo Município de Loulé. Para além destas árvores que serão plantadas no âmbito da “Operação montanha Verde”, ao longo de 2017 e até ao final do ano terão sido plantadas em todo o Concelho mil árvores.

festival AlGharb.Come em Vila Real de Stº António e Cacela

Os mercados de Vila Real de Santo António e Cacela recebem, nos dias 4 e 18 de novembro, o festival AlGharb.Come, projeto que tem como objetivo mostrar as composições gastronómicas da Dieta Mediterrânica e reinventar os pratos dos nossos antepassados.

O projeto pretende envolver a comunidade na coprodução para que todos se sintam responsáveis pela construção de um programa que possa oferecer ao turismo a essência do Algarve, presente sobretudo em zonas de baixa densidade populacional.
Para isso, o Algharb.Come inspira-se nas raízes do Baixo Guadiana e da Andaluzia, através de três pilares fundamentais, a cultura, presente no fado e no flamenco; o património, através dos espaços que o acolhem (como os mercados municipais e os restaurantes típicos) e a gastronomia típica da região.
Pautado pelo Fado e pelo Flamenco e sendo guiado pelas composições gastronómicas da Dieta Mediterrânica, o AlGharb.Come é um festival que alia assim três patrimónios imateriais da humanidade e devolve-lhes uma característica única através do olhar cultural do território do Baixo Guadiana.
Por outro lado, procura o reforço do consumo dos bens locais, aproximando os consumidores dos produtores locais.
Além do Apoio do 365 Algarve, o projeto promovido pela Associação Juvenil Backup conta com a parceria da Câmara Municipal de Vila Real de Santo António.

Programa:

4 de Novembro - AlGharb.Come- "Sentir o Património" 
Mercado Municipal de Vila Real de Santo António
10h00 > 11h30
ShowCooking "Gastronómico" - Escola de Hotelaria e Turismo de VRSA e Associação ODIANA
"Tempero Musical" pela Associação de Fado do Algarve
"Tertúlia.Come" - A Dieta Mediterrânica e o seu valor nutricional

18 de Novembro - AlGharb.Come- "Sentir o Património"
Mercado Municipal de Vila Nova de Cacela
10h00 > 11h30
ShowCooking "Gastronómico" - Escola de Hotelaria e Turismo de VRSA Associação ODIANA
"Tempero Musical" pela Associação de Fado do Algarve
"Tertúlia.Come" - O Fado é património

FESTIVAL LUZA ILUMINA NOITES DE LOULÉ

De 24 a 26 de novembro, Loulé recebe o Festival Internacional de Luz do Algarve – LUZA, um evento cultural único na região que apresenta o trabalho de dezenas de artistas nacionais e internacionais. Durante três dias, as ruas de Loulé recebem performances de luz, cor e som, projeções multimédia e interativas que proporcionam momentos únicos de descoberta da cultura, costumes e tradições da região do Algarve.

Na primeira noite, o ponto alto do Festival LUZA está marcado para às 18h30, no Convento de Santo António. Daqui os participantes são convidados a percorrer um percurso pelas ruas da cidade até ao Coreto, passando por várias performances onde é possível interagir com os artistas, e onde os monumentos se transformam em telas gigantes ao ar livre.

Todos os dias, a partir das 19h00 até à meia noite, a fachada do Mercado Municipal será palco de um espetáculo de video mapping (com sessões a todos os 45 minutos). No Convento Santo António, estará patente a Exposição sobre Luz e Instalação de ByBeau (a partir das 10h00). A não perder no dia 24 de novembro a Conferência “Working with Light” no Cine-teatro Louletano (15h00) e no dia 25 de novembro o “Torch Light Parade” (entre as 18h30 e as 23h00) que promete trazer às ruas de Loulé muita animação, cor e luz. Todas as atividades são de entrada livre.

Esta iniciativa única conta com a participação de artistas nacionais e internacionais: ByBeau Studio, Grandpas´Lab (a quem se deve, entre outros, os espetáculos de video mapping do Terreiro do Paço), Felipe Mejías (conhecido pela sua performance criativa em areia em contraste com a luz), Boris Chimp 504, Musson+retallick, Plex Noir e os poloneses Joaquim Slugocki & Katarzyna Malejka.

LUZA é um evento pioneiro na região algarvia, apoiado pelo programa cultural «365 Algarve».



Para mais informações: http://pt.luzafestival.com  e www.365algarve.pt

OFICINA “LER (CON)VIDA” POR JACINTA MACIEL NA BIBLIOTECA MUNICIPAL DE LOULÉ

Sendo cada vez mais importante implementar novas técnicas para interagir com o público e motivar para a leitura, a Biblioteca Municipal de Loulé irá receber dia 25 de novembro, sábado, uma oficina de natureza teórico-prática de promoção e animação da leitura.

“Ler (con)vida” é uma ação de cariz eminentemente prático, que tem como objetivo incentivar os mediadores de leitura a utilizar as palavras para transportar as crianças e os jovens para os livros. A partir da história e da magia das palavras encantam-se os mais novos.

Nesta ação são apresentados diversos textos e técnicas tendo em conta as origens, nacionalidades, vivências, desigualdades sociais e especificidades de cada família: na doença, morte de um familiar, separação e, também, na festa e na alegria. Um objetivo basilar é a aquisição de hábitos de leitura consistentes e regulares.

A oficina destina-se a adultos (maiores de 18 anos) e decorre das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 17h00.


A entrada é gratuita mas é necessária inscrição prévia pois as vagas são limitadas. Confere-se diploma de participação. Inscrições e mais informações através do telefone 289 400850 ou biblioteca@cm-loule.pt